Por

Beca Mota

2
maio
2018
3

Jantar de noivado | Isabelle + Nilton

O noivado é realmente um momento especial… eu amo compartilhá-lo aqui porque é o início de um novo ciclo na vida de um casal e na minha opinião, um ótimo pretexto para reunir as pessoas amadas e comemorar!

Isabelle e Nilton decidiram celebrar o noivado com um lindo jantar para a família e amigos no Restaurante Amadeu. A decoração foi marcada por flores brancas e muito verde e ficou inspiradora!

Todos os detalhes vocês podem conferir através do registro feito por Rodrigo Gomez:

Lindo, né? Para ver mais noivados clique aqui!

Isabelle e Nilton,

Que essa nova fase que se inicia na vida de vocês seja muito feliz e especial!

Beijos,

Beca.

Doces gourmet: Cristiane Santos | Doces finos: Oficina Otavianas | Bem casados: Mãe da noiva | Lacinhos Bem casados: Forminhas vivi | Trufas: Sogra | Bolo: Cássia Pereira | Flores: Cleide Arteflor | Local: Amadeu Restaurante | Fotos: Rodrigo Gomez

Deixe seu comentário!

22
mar
2018
0

Casamento | Ingrid + Davi

Davi e Ingrid são advogados e se conheceram em 2010, no trabalho. Se tornaram bons amigos e só em 2016 começaram a namorar.

O pedido de casamento aconteceu durante uma viagem à Fernando de Noronha e o casamento aconteceu à luz do dia, na Praia do Paiva. A cerimônia, no Píer 31, teve um toque rústico e super charmoso. A noiva ficou maravilhosa com vestido todo trabalho em renda e cabelo solto:

Que sejam muito felizes!

Beijos,

Beca.

Local: Pier 31 | Fotografia e filmagem: SuperClick | Cerimonial: Vanessa Amorim | Beleza: Sandrinho Santos |  Decoração: Guilherme Guimarães | Vestido: Sposa | Barbeiro: Boss Barbearia | Bolo: Cassia Pereira | Doces: Meci, Interaminense Doces Fines e Praline Brownies | Bem Casados: Done Wilde | Bandas: Helton Lima, Donavan’s e Dboa | Buffet: Fiordes

Deixe seu comentário!

20
mar
2018
0

Diário de noiva: a lista!

Não é a toa que quando pedem para uma noiva soletrar a palavra “desespero” o resultado é: L-I-S-T-A-D-E-C-O-N-V-I-D-A-D-O-S! Ô tarefa árdua essa de escolher as pessoas que estarão com a gente no dia do casamento.

A criação da nossa lista de convidados foi a primeira coisa que fizemos assim que decidimos casar. Peguei uma planilha que havia criado aqui para o blog (e só agora está disponível para download AQUI), alterei algumas coisinhas e começamos a preenchê-la. A ordem era escrever todos os nomes que vinham na nossa cabeça e óbvio, que queríamos que estivessem presentes no casório. Também pedimos aos nossos pais para fazerem uma lista de quem eles gostariam de convidar (pra gente, os convidados deles são nossos também!). E claro que o resultado disso foi uma lista imensa e muito maior do que tínhamos planejado. “Mas é assim mesmo!”. Eu repetia pra mim mesma (e para o noivo preocupado). Afinal, eu já sabia que o ideal era fazer uma lista completa com toooodo mundo e aos poucos ir selecionando…

E essa, pra mim, é a pior parte: a seleção, O CORTE. Estabelecemos alguns critérios, respondendo a algumas perguntas como: “há quanto tempo eu não vejo essa pessoa?”, “ela realmente nos conhece? vai está verdadeiramente feliz por estar presente?” “nos vemos jantando com essa pessoa daqui a um ano?” e chegamos na nossa “lista ideal”, minimamente calculada, quase 2 anos antes do casamento. De lá pra cá, muuita coisa mudou e aos poucos vamos organizando nossa planilha (que em tempo, ainda não está 100% fechada).

Nessa saga, descobri que encontrar alguém querido e ficar tentando lembrar se o colocou na lista é completamente normal, que se esquecer de pessoas muito próximas também e não querer conhecer pessoas novas mais ainda!

Hoje passei a valorizar muuuito mais cada convite de casamento que recebo, porque senti na pele como geralmente essa é uma decisão muito difícil e bem pensada! Também passei a entender quando não somos convidados para um casamento. É realmente impossível chamar todo mundo que conhecemos!

Noivas de plantão, vocês estão passando por isso? Como foi fazer a lista pra vocês?

Beijos,

Beca.

Deixe seu comentário!