21
nov
2017

Casamento | Maria Cecillia + Fellipe

A história de Maria Cecillia e Fellipe começou de uma maneira atípica. Arrisco dizer que parece que foi tirada de um filme, sabem? Pronto:

“Em 2009 uma das minhas melhores amigas me mandou uma mensagem em pleno feriado da semana santa. Na mensagem ela dizia que tinha encontrado o homem da minha vida, que ele era um amigo de uma conhecida e que tinha certeza que a gente devia se conhecer. Aos 19 anos eu achei muita graça daquela história e não botei fé nenhuma. Acontece que, na época, encontrei o Orkut (eita!) de Fellipe, realmente achei ele era bem interessante e comecei a stalkear. hahaha Mas demoramos muito a nos conhecer, não tinha oportunidade e nem contato o suficiente de ninguém próximo para nos apresentar. Após meses de torcida das nossas amigas, que sempre que se encontravam diziam que tinham que fazer esse encontro, a amiga dele resolveu passar meu msn pra ele, mesmo sem nos conhecermos. Ele me adicionou no mesmo dia, conversamos por horas e horas e marcamos um encontro pra semana seguinte. Começamos a namorar poucos dias depois e, após 8 anos de namoro, estamos aqui casados! Se ele é realmente o homem da minha vida eu não sei, mas, pelo andar da carruagem, parece que sim! hahaha” Alguém duvida?

Cecília nunca sonhou com casamento clássico, queria algo leve e de preferência ao ar livre. Logo após o noivado encontrou a Casa de Chá e amou o projeto, que na época ainda não havia nem sido inaugurado. Foram um ano e 3 meses intensos de organização. A ideia era fazer um casamento para as pessoas mais próximas e que tivesse a cara do casal. 

“Eu comecei a salvar inspirações (que ocuparam tanto espaço no celular que me fizeram criar um Instablog, o @anelnodedo) e decidi que queria algo no estilo boho. A ideia era misturar flores e materiais (até livros, a gente ama e tem muitos) de uma maneira descontraída e harmônica e apostar nos detalhes. Quando cheguei na festa nem acreditei: estava praticamente igual aos meus sonhos! Fiquei ainda mais feliz por boa parte dos convidados vir nos dizer que tinha encontrado a gente em cada detalhe, que estava tudo muito parecido conosco. Era exatamente essa ideia de personalidade que a gente queria levar. Na semana do casamento o tempo virou e acabei tendo que contratar um toldo para a parte da festa que ficaria ao ar livre, mas queria manter a cerimônia sem cobertura. No dia do casamento, após a entrada de todo o cortejo e na hora exata da minha entrada, começou a chover. Felizmente a Casa de Chá tem guarda-chuvas transparentes e lindos que foram distribuídos aos convidados. Eu me mantive esperando a chuva passar, respirei fundo e lembrei que tinha que entrar linda. haha Esperei, esperei e nada. Então resolvi ir de guarda-chuva mesmo, mas na hora da minha entrada na passadeira a chuva sumiu! Estava tudo exatamente como sonhei e não me senti no direito de reclamar nem da chuva. Quando a gente sonha em casar ao ar livre, sabe que está sujeita a esse tipo de coisa, mas eu jamais casaria em um local que não tivesse a nossa cara e sem dúvidas faria tudo exatamente igual. O conselho que dou é: não vai sair tudo como planejado, mas agradeça por aquele dia mágico estar acontecendo e deixe os contratempos de lado. Aproveitamos muito cada momento e sem dúvidas todo o estresse e correria da organização valeram a pena!”

A festa, linda e cheia de personalidade foi registrada pelas lentes da En Passant Fotografia:

Amo casamentos cheios de personalidade e cheio de detalhes lindos!

Felicidades, Cecília e Fellipe! Obrigada por dividir esse momento com a gente!

Beijos,

Beca.

Cerimonial: Criativas | Decoração e Buquê: Atelier Guada | Bandas: Orquesta Maximus e Wagner e Berg | Buffet: Fiordes | Grinalda: Verde Joia Natural | Fotos: En Passant | Filmagem: Romeu e Julieta Films | Doces: Margot Doces Finos | Local: Casa de Chá | Bem-casados: Wilde | Cabelo e Maquiagem: Ayla Martins | Bolo: Elton Cakes | Iluminação: Humberto Sonorização | Convites: Detail Papelaria | Kit Toillet: Carol Pepe Papelaria | Drinks: Flutê Drinks

Deixe seu comentário!

Deixe seu comentário