Categoria

Destinos internacionais

12
maio
2017

Lua de mel | África do Sul

A África do Sul foi o destino escolhido para o post de hoje em parceria com a Be Happy Viagens – agência especializada em roteiros de lua de mel.

Emoção, safáris, dias inesquecíveis, animais selvagens… muita aventura, resorts de luxo, cassinos, diversão e vinhos maravilhosos nesta terra tão linda! Deixe-se levar pelas belezas da natureza, da mãe África! E prepare seu coração: o pôr-do-sol é estonteante!

0c13d12d-9fd3-487d-8700-6df0a166703b

A África do Sul é realmente um destino completo. A charmosa e animada Cidade do Cabo (Cape Town) está cercada por paisagens naturais lindíssimas, além dos vales onde florescem as melhores uvas do continente – em um imperdível pólo vinícola e gastronômico.

O famoso Kruger Park concentra a maior quantidade de animais do país, incluindo os Big Five – leão, búfalo, leopardo, rinoceronte e elefante.

Sun City é um grande e divertido complexo, ideal para os dias animados.

As reservas naturais, as paisagens exuberantes e as praias são as principais atrações turísticas. A África do Sul possui 2.798 km de litoral, com belas praias.

africa-do-sul28 africa-do-sul

Algumas com quilômetros de extensão e areias brancas. Praias na costa do Atlântico e do Índico. Os destinos de praia mais em destaque são a Cidade do Cabo na Costa Atlântica e Durban na Costa do Índico.

Entre os melhores trechos estão o Sunshine Coast, a Riviera, a Wild Coast e a Garden Route. As melhores praias para surf estão em Eastern Cape.

Luxo integrado a natureza, grandes emoções da vida selvagem e excelentes serviços. Um mundo num só país – a África do Sul é surpreendente – supera as expectativas de qualquer visitante e tornará sua viagem de lua de mel inesquecível.

africa-do-sul16

Localizada no extremo sul do continente africano, entre os oceanos Índico e Atlântico, a África do Sul reserva surpresas que vão muito além dos famosos safáris pelas savanas. A começar pelo litoral, com mais de 2700 km, que apresenta ótimos balneários à beira-mar que podem ser desfrutados durante vários meses do ano, graças ao clima quente.

Cape Town, a capital legislativa, e Johannesburg, coração comercial e industrial do país, são as principais cidades e atrações também imperdíveis. Situada na província de Western Cape, Cape Town se desenvolveu aos pés de um dos mais famosos cartões-postais da África do sul, a Table Mountain, um platô de 1.086 metros de altura com formato semelhante ao de uma mesa.

Além do monumento natural, a região conta com belíssimas praias e uma moderna infraestrutura, formada por hotéis design e restaurantes, que divide espaço com a herança arquitetônica do período colonial, presente nos bairros de Tamboer Skloof, Muizemberg, City Bowl e Bo-Kaap.

O Parque Nacional do Cabo da Boa Esperança é parada obrigatória para quem sai da cidade. Para garantir uma vista privilegiada, o ideal é subir a montanha Cape Point e usufruir da luz do farol, situado no topo e considerado o mais brilhante do mundo. Outros passeios superinteressantes são a praia de Boulders, a Ilha Robben e a rota do vinho.

Johannesburg é famosa pela efervescência cultural e por seu apelo histórico, representados pelos clubes de jazz, pelo Museu do Apartheid e pelo bairro de Soweto, que abriga a antiga casa onde viveu Nelson Mandela, o principal símbolo da luta contra o regime segregacionista.

Porém, para se aprofundar um pouco mais na cultura nacional e deixar as emoções afloradas, é preciso se afastar dos grandes centros e partir em direção aos parques, mais especificamente ao Kruger National Park. É nesse local de 19 mil km², localizado em Nelspruit, ao norte do país, que funciona a maior reserva estatal sul-africana.

africa-do-sul7 africa-do-sul24africa-do-sul29 africa-do-sul23africa-do-sul25

Visto: Não é necessário para estadia de até 90 dias. Exige-se, apenas, o passaporte com validade mínima de seis meses a contar da data do embarque e, ao menos, duas páginas em branco, lado a lado.

Vacinação: Recomenda-se a vacina contra febre amarela (aplicada, no mínimo, 10 dias antes da viagem), acompanhada do Certificado Internacional de Vacinação.

Idioma: O país contabiliza mais de 11 idiomas oficiais, mas os mais utilizados são o africanês (dialeto próximo ao holandês) e o inglês.

Moeda: Rand.

Fuso horário: Cinco horas a mais em relação ao horário de Brasília.

Clima: Boa parte do país apresenta temperaturas altas o ano todo. O verão é marcado por muito calor e pancadas de chuva, enquanto o inverno é mais seco. A exceção fica por conta de Cape Town, que apresenta clima mediterrâneo, com verões quentes e chuvas no inverno.

O que levar: Chapéu, óculos de sol, protetor solar, sapatos resistentes, roupas de tecidos leves, binóculos e máquina fotográfica com lente de longo alcance.

Aonde ficar:

Mount Nelson Hotel

São 209 suítes espaçosas e totalmente equipadas, restaurantes, bares, spa, piscina… Mas o grande destaque daqui é a gastronomia.

belmond-mount-nelson

The Table Bay Hotel

Um lugar pra explorar a face urbana da África do Sul, o The Table Bay Hotel fica no sofisticado centro de compras e de entretenimento Victoria & Alfred Waterfront e faz conexão com um shopping que tem mais de 240 lojas.

africa-do-sul15

The Palace of The Lost City

O The Palace of The Lost City abriga o maior complexo de lazer africano: são cassinos, campo de golfe, quadras de tênis, piscinas, spa, além de bares e restaurantes com gastronomia de primeira.

Resort_p107c

Sabi Sabi

Pra quem procura imersão total na selva, situado na Sabi Sand, fica na parte sudoeste do Kruger National Park.

africa-do-sul19 africa-do-sul18

Southern Sun The Cullinan

As 410 acomodações apresentam vistas espetaculares do que há de melhor em Cape Town: a Table Mountain, o Table Bay Harbor e a Victoria & Alfred Waterfront.

563c59aeddebb

Kapama River Lodge

Experiências românticas próximas à natureza são o que o hóspede vai encontrar nas luxuosas instalações do Kapama River Lodge. O hotel foi construído no autêntico estilo de vida selvagem africano.

_P5J0099 _T0I2274 _P5J0093-Version-2

O que visitar:

Praia de Boulders: Situada na área metropolitana de Cape Town, abriga os pinguins africanos, os Sphesincus Demersus, que lá moram e se reproduzem.

Rota do vinho: Além de visita às belas vinícolas de Stellenbosch, Paarl e Franschhoek, o passeio inclui degustação de vinhos e compras.

africa-do-sul6

Table Mountain: Principal símbolo de Cape Town, apresenta 100 trilhas que levam ao cume do platô. Mas o topo também pode ser acessado por meio de um teleférico giratório. Porém, é necessário ficar atento à previsão do tempo, já que, em dias de fortes ventos, chuvas e neblina, as caminhadas e os passeios de teleférico são suspensos.

africa-do-sul5

A Be Happy Viagens é uma agência especializada em roteiros de luxo, possui um serviço de assessoria e consultoria especialmente para noivos,  a fim de auxiliá-los no planejamento, escolha e efetivação da viagem tão especial que é a lua de mel.
Contato: Email: behappy@behappyviagens.com.br | Telefone: + 55 (11) 5041-1243
Para ver o post anterior sobre lua de mel no México clique aqui!
1
fev
2017

Lua de mel | México

Vocês sabiam que o México é um destino incrível pra lua de mel? A possibilidade de explorar a natureza e atrações culturais e históricas tornam essa viagem inesquecível. Por isso escolhi o país como tema do primeiro post em parceria com a Be Happy Viagens – agência especializada em destinos de luxo e que desenvolve roteiros especiais e românticos para os casais que estão comemorando o início da vida a dois! Hoje eles nos apresentam os encantos da beleza mexicana.

1

Limitada ao norte pelos Estados Unidos, ao sul e a oeste pelo Oceano Pacífico e a leste pelo Golfo do México, esta terra não precisa de nada para convidar para uma visita. Ela é o próprio convite – e irrecusável. Seja pela riqueza histórica e cultural, aparente em resquícios das antigas civilizações; seja pelas belíssimas paisagens naturais valorizadas por luxuosos resorts; ou, ainda, pela gastronomia que tempera os mais diferentes tipos de paladares, o México fascina – e sua imensa variedade de roteiros turísticos também.

A Cidade do México, capital do país, e as exuberantes praias de Cancun, Los Cabos, Riviera Maya e Punta Mita são alguns dos destinos mais procurados por turistas do mundo todo.

playadelcarmen20

Playa del Carmen

Punta Mita

Punta Mita

Punta Mita

Punta Mita

Construída sobre as ruínas dos astecas, que lá viveram, a capital mexicana – e segunda cidade mais populosa do mundo – pode ser facilmente comparada a um museu a céu aberto, tamanhas são as riquezas históricas que convivem, harmoniosamente, com as construções contemporâneas.

A badalada Cancun, situada na costa noroeste do estado de Quintana Roo, é o verdadeiro paraíso para aqueles que estão em busca de sol, de praia e das águas cristalinas do Mar do Caribe – interrompidas, apenas, por recifes de corais que servem de morada para a exótica fauna marinha. E não é só! A sofisticada rede hoteleira, aliada aos famosos restaurantes e a uma infinidade de atrações durante o dia e a noite, faz deste local um destino unânime.

As não menos belas, porém mais reservadas praias de Los Cabos, na Península da Baixa Califórnia; a região de Riviera Maya, na Península de Yucatán; e a pequena vila de Punta Mita, na Riviera Nayarit, prometem surpreender os turistas, especialmente os mais aventureiros, com a diversidade de experiências que proporcionam.

Punta Mita

Punta Mita

Visto: É necessário para entrar no país. Exige-se, ainda, o passaporte com validade mínima de seis meses a contar da data do embarque e, ao menos, duas páginas em branco, lado a lado.

Vacinação: Recomenda-se a vacina contra febre amarela (aplicada, no mínimo, 10 dias antes da viagem), acompanhada do Certificado Internacional de Vacinação.

Idioma: O espanhol é a língua oficial, mas o país tem mais 68 indígenas.

Moeda: Peso mexicano.

Fuso horário: Três horas a menos em relação ao horário de Brasília.

Clima: As altas temperaturas predominam o ano todo e variam entre 25°C e 30°C.

O que levar: Roupas leves e confortáveis para o dia, trajes de banho, chinelos, tênis para caminhada, chapéus, óculos de sol e protetor solar. Vale a pena incluir uma roupa mais “arrumadinha” para sair à noite.

O que visitar:

Cancun: Além do Museu Subaquático de Cancun, o maior do mundo, é imprescindível conhecer diversos parques temáticos, como Xcaret, Xel-Há e Xplor; nadar com os golfinhos e visitar Isla Mujeres, Isla Contoy e Isla Holbox, cada uma com um atrativo diferente. Cancun conta, ainda, com diversos spas, campos de golfe e a vila de pescadores Puerto Morelos.

cancun2 cancun6cancun14 cancun8 cancun12 cancun16 cancun21

Los Cabos: Neste “corredor” entre as cidades de San José del Cabo e Cabo San Lucas, os esportes aquáticos predominam. A praia de Punta Palmilla, por exemplo, é ideal para o surfe, enquanto Cabo Pulmo tem muitos locais para mergulho, além de cavernas e flores exóticas. Él Médano, por sua vez, é uma das mais badaladas, mas a Praia dos Amantes também merece uma visita. Los Cabos convida a conhecer, ainda, seus parques temáticos, a Igreja de San Lucas, Los Cabos Centro Cultural e diversos campos de golfe, sendo Cabo del Sol e Cabo Real, Palmilla e Querência os mais famosos.

los-cabos3 los-cabos8 los-cabos18 los-cabos19 los-cabos27

Riviera Maya: Aqui, as “pedidas” são mergulhar em mar aberto ou em cavernas; praticar snorkeling e surfe; passear de caiaque pela reserva de La Biosfera de Sian Ka´na; “voar” de paraquedas sobre o mar e andar de bicicleta nas montanhas. Para os menos aventureiros, o destino oferece diversos campos de golfe, dentre eles o Club de Golf El Camaleon Mayakoba; parques temáticos, com destaque para o Parque Nacional Arrecife de Puertos Morelos; centros arqueológicos; museus e centros culturais.

mayanriviera4-e1422557304353 mayanriviera5-e1422557327453 mayanriviera8 mayanriviera10 mayanriviera18

Museu Arqueológico Marinho da Ilha de Cozumel: Situado na região da Riviera Maya, o local permite a observação de diversos restos de civilização maia encontrados na ilha e em seus arredores.

playadelcarmen17 playadelcarmen26

A Be Happy Viagens é uma agência especializada em roteiros de luxo, possui um serviço de assessoria e consultoria especialmente para noivos,  a fim de auxiliá-los no planejamento, escolha e efetivação da viagem tão especial que é a lua de mel.
Contato: Email: behappy@behappyviagens.com.br | Telefone: + 55 (11) 5041-1243
15
jul
2015

Diário de Viagem: Buenos Aires

E

m junho pude conhecer a Europa dos brasileiros, Buenos Aires. Foi uma viagem em família, com um roteiro que agradou desde as crianças até os adultos, mas acredito que algumas dicas e experiências que tive podem ajudar quem está planejando a lua de mel na capital argentina :)

Então, primeiro, vamos às dicas básicas:

Dinheiro – Se engana quem pensa que Buenos Aires ainda é uma cidade barata. Não chega a ser caro, mas o real já não é mais tão valorizado lá e você pode acabar pagando R$8 em um simples refrigerante! É, caríssimo! Em compensação, comida e vinhos são mais baratos do que no Brasil. Em relação ao câmbio, aconselho levar dólares e trocar lá. Levei reais e me arrependi um pouco pois a cotação para dólar estava melhor.

Golpes – Muitas pessoas, sites e blogs me alertaram quanto aos golpes que acontecem com frequência na Argentina. Batedores de carteira, garçons que trocam notas verdadeiras por falsas, taxistas golpistas… Graças a Deus no período que estive lá não aconteceu absolutamente NADA! Até levei canetas pra detectar dinheiro falso, mas nem precisei usar, foi tudo muito tranquilo. Mas não custa ficar ligado, né?

Documentos – Não é necessário passaporte para entrar na Argentina, apenas seu RG (Não pode ser muito velho e eles também não aceitam habilitação de motorista) já é suficiente. Eu, se fosse você, levaria os dois: passaporte e RG, por precaução. Acabei perdendo meu passaporte logo no primeiro dia ( foi muito chato :/ ) e o RG foi minha salvação.

Clima – Estive em Buenos Aires de 15 a 25 de junho, ou seja, final do outono e começo do inverno. Para mim, nordestina acostumada com o calor do Recife, estava muuuuuito frio. Todos os dias tinha que sair super agasalhada, com meia calça, calça jeans, segunda pele, camisa de manga longa e casaco grosso por cima. Cachecol, gorro e luvas eram indispensáveis também. kkkkkkk

G0272802

Agora vou passar um pouquinho da minha experiência pra vocês nesses 10 dias que passei por lá.

ONDE FICAR

Se você quer um lugar de fácil acesso e próximo a muitos pontos turísticos, se hospede no Centro. Fiquei neste bairro, mais precisamente no Ibis Obelisco e amei a escolha: tanto a localização quanto o hotel. O hotel ficava na Av. Corrientes, uma avenida bem movimentada e cheia de lojas e restaurantes. Praticamente na porta do hotel já tinham estações de metrô e muitos pontos de ônibus próximos.

GOPR1677

Quanto ao hotel em si, eu amei. Ótimo custo benefício, já que é confortável, com atendimento ótimo, decoração moderna, comida gostosa e preço justo. Ah, tem Wi-fi de graça! <3 hahahaha Os quartos são um pouco pequenos, mas nada que prejudique muito a mobilidade. Eu gostei muito e me hospedaria lá novamente.

Café da manhã: buffet livre por 20 reais.

Café da manhã: buffet livre por 20 reais.

Agora se você quer um bairro mais tranquilo e bonito, recomendo Recoleta ou Palermo. Como nunca me hospedei por lá, não tenho indicações de hotéis. Mas muita gente costuma alugar apartamentos com ótimo custo por lá.

ONDE IR

Exitem milhares de sites onde vocês podem encontrar os principais pontos turísticos de Buenos Aires. Por isso vou listar aqui apenas os que gostei mais :) Os passeio do Zoo Lujan, Estância Santa Susana e Colônia Del Sacramento fechei com a Aguiar Turismo e suuper indico! Eles também fizeram nossos transfer do aeroporto pro hotel e o câmbio.

Zoo de Lujan – Melhor passeio de todos! Sério, gente, foi mágico demais. Estava com um pé atras em ir nesse zoológico por conta de muitas resenhas negativas que tinha lido na internet. Mas foi uma grata surpresa e com certeza o melhor passeio de toda a viagem.

IMG_6185

Lujan é uma cidade que fica a mais ou menos 40 minutos de Buenos Aires. Dá pra chegar lá de ônibus, mas nós contratamos uma empresa que nos levou de van. Não espere uma estrutura de parques estilo Orlando, na verdade o zoo é uma grande fazenda onde o proprietário, Jorge Semino, cria vários animais. Tivemos o privilégio de conhecer pessoalmente o dono e escutar ele explicando toda a filosofia do local só tornou tudo mais mágico e real.

Ache o cachorro na foto kkkkkk

Ache o cachorro na foto kkkkkk

Ele adota um “método” onde os animais são criados, desde bebês, junto com os cachorros. Por isso é possível entrar nas jaulas e tirar fotos com animais de grande porte como tigres e leões. E SIM, essa é a parte mais divertida!

IMG_0870 IMG_0825

 

Uma experiência única e inesquecível. Mas devo confessar que os filhotinhos de leão ganharam meu coração…ownnnn, fofura demaaais!

IMG_0511

Pra os menos corajosos, tem animais pra todos os gostos: araras, elefantes, dromedários, lhamas, macacos, coelhinhos… Outra coisa que amei foi o almoço: um churrasco suuuper deli e barato.

IMG_0674 IMG_0922

Então minhas impressões gerais do zoo foram: animais SUPER bem tratados, nada dopados e cuidadores bem atenciosos e amorosos com os bichinhos. Amei!

Colônia del Sacramento – Colônia é uma cidadezinha no Uruguai super charmosa e que também ganhou meu coração. Dá vontade de passar o dia por lá só passeando e admirando as lindas vistas. Pra chegar em Colônia você pega um barco que atravessa o Rio de la Plata. Fui pela empresa Buquebus e super recomendo. A travessia dura em torno de uma hora.

Primeira classe do Buquebus.

Primeira classe do Buquebus.

Um dia é suficiente pra descobrir todos os cantinhos charmosos em Colônia, já que a cidade é beem pequena. Não tem muito roteiro, vá andando pelas ruas e descobrindo lojinhas, restaurantes e cafés.

IMG_1320 IMG_1344 IMG_1323 GOPR3112 GOPR3074

Há um farol onde é possível subir até o topo (maior frio da vida, mas em compensação uma vista de tirar o fôlego).

IMG_1327 IMG_1325 GOPR3098 GOPR3109

Estância Santa Susana – Outro passeio muito top! No valor pago já estava incluso transfer, passeio, comidas e bebidas (inclusive vinhos e cervejas). Muito bom!! O lugar é lindo, você pode andar a cavalo ou de charrete, há show de danças típicas e a comida é maravilhosa. Recomendo demais!!

IMG_6203 IMG_6205 IMG_1149 IMG_1141 IMG_1139 IMG_1066 G0272767

Recoleta – Um bairro cheio de coisas legais para explorar. Por lá, destaco a Floralis Generica, a Faculdade de Direito, o famoso Cemitério da Recoleta (onde tem o túmulo de Evita Peron) e o divertido Museu Participativo de Ciências.

IMG_9077 G0091807 IMG_0171 GOPR1747 IMG_1572 IMG_1569 IMG_1568 IMG_0204

Palermo – Meu bairro preferido! É tudo lindo por lá, gente. Fomos no Jardim Japonês, bem fofinho e romântico, e nos famosos bosques de palermo. Cada cantinho lá rende fotos maravilhosas.

IMG_0256 IMG_0219 IMG_0292 IMG_6168 GOPR2582

 

O Malba, Museu de Arte Latino-Americana de Buenos Aires, é show demais! Tem obras lindas como Tarsila do Amaral, Frida e Portinari.

IMG_0328 IMG_0332 IMG_0333G0172677Caminito – O famoso pega turista. É lindo, rende fotos legais, mas se você não se ligar gasta todo seu dinheiro em um dia por lá hahahaha

IMG_1441

Sabe aquelas fotos dançando tango com um dançarino de verdade? Custam 100 pesos, em média :O E as fotos em murais divertidos? 10 reais por duas fotos. kkkkkk

IMG_1413

IMG_1435

Nada lá é de graça, então vá prevenido. Pertinho fica o estádio do Boca Juniors (namorados, noivos e maridos enlouquecem!!) Há uma visita guiada que vale super a pena, até pra quem não é fã de futebol (eu, no caso).

GOPR3311

Obelisco – Fica num ponto bem central da cidade e é aquele lugar que não pode faltar no seu roteiro.

GOPR1696

Plaza de Mayo – Uma praça onde você tem acesso tanto à famosa Casa Rosada quanto a uma Catedral lindíssima onde o Papa Francisco celebrou suas missas.

IMG_0133 IMG_0107 IMG_0113

Puerto Madero – Parte mais moderna da cidade, Puerto Madero é super romântico para um almoço ou jantar a dois. Não aproveitei muito por lá pois quando fui, à noite, estava bem frio e vazio. Mas em uma próxima oportunidade quero explorar mais a região. Por lá tem um Cassino e um Museu flutuante.

IMG_1047

Teatro Colón – Não fui na visita guiada do Colón mas meu namorado foi e disse que é de cair o queixo, um dos melhores passeios na opinião dele. Fica pra próxima, também. :/

11110563_10207323718039978_7981031814794496401_n

ONDE COMER

A melhor parte de toda viagem. A M O <3 Passei meses pesquisando milhares de lugares pra comer. Acabei visitando poucos, pois muitas vezes o cansaço era grande (e o dindin curto). Uma dica importante: a não ser que você curta comer tripas, rim e linguiça preta de sangue bovino, NUNCA peça a tal da “gran parrillada” kkkkk Pedimos logo no primeiro dia e aprendemos a lição. Mas ai estão minhas indicações:

La Cabrera – Muito recomendando por todos que vão a Buenos Aires, o La Cabrera foi o restaurante mais TOP que fomos! Ambiente super lindo e romântico, atendimento impecável e a melhor comida de todas!!! O forte deles são as carnes e elas já vem acompanhadas de várias mini porções pra você provar um pouco de cada acompanhamento da casa. Importante reservar com bastante antecedência, pois o restaurante vive lotado!

IMG_0346 IMG_0348

Broccolino – Eu sou completamente alucinada em massa! Sem dúvidas é minha comida preferida <3 E o Broccolino estava na minha lista de “tem que ir”. Gostamos tanto que fomos lá duas vezes! Os prato são suuper bem servidos (se não estiver com muita fome, peça a meia porção) e a variedade é enorme! As massas caseiras são deliciosas e o couvert de entrada é perfeito, com pães quentinhos e azeite de qualidade.

 

Créditos: Destemperados.

Créditos: Destemperados.

Crédito: Google Imagens

Crédito: Google Imagens

Café Tortoni – O Café Tortoni é um grande ponto turístico de lá, muito parecido com a Confeitaria Colombo do Rio de Janeiro. Legal para um café da manhã ou brunch, mas também há opções de almoço. Provei um sanduiche de “jamon crudo” (presunto cru) que estava delicioso. Os churros também não podiam faltar, né?

GOPR3370 IMG_6229 IMG_6231 IMG_6236

Dean & Dennys – Um fast food de melhor qualidade pra quem enjoar da Mc Donalds. hahahaha Eu ameei esse lugar. O hambúrguer é muito gostoso e o ambiente super agradável! Além disso o preço é super justo.

Crédito: Google Imagens.

Crédito: Google Imagens.

El Gran Paraiso – Encontrar um lugar legal pra almoçar em meio ao Caminito se torna uma missão difícil, a não ser que você tenha uma ótima indicação. São muitas opções no estilo “pega turista”, com funcionários distribuindo mil folhetos nas ruas e oferecendo almoços promocionais. Mas a parrila do El Gran Paraiso, localizada logo na entrada do restaurante, nos seduziu e acabamos acertando em cheio na escolha.

IMG_1502IMG_1444 IMG_1445

O ambiente é muuuito lindo e agradável, eu podia passar o dia todo lá petiscando e bebendo uma cervejinha. A comida é bem gostosa e eles tem arroz!!! hahahaha Item meio difícil de achar em Buenos Aires e que faz falta pra nós brasileiros.

IMG_6226 IMG_1450 IMG_1449 IMG_1448

Ai você me pergunta: mas Manu, e o show de tango?? É, eu não fui para nenhum show de tango :( Como estávamos com crianças, não era viável pagar caro pra ir nesse tipo de show com eles. Mas na feirinha de antiguidades em San Telmo, todos os domingos, vimos um casal dançando tango na praça e foi super bom, deu pra “matar a vontade”. hahaha

Espero que tenham gostado das dicas e se tiverem qualquer dúvida deixem nos comentários, vou adorar ajudar :)

IMG_0098

Beijos,

Manu.

Deixe seu comentário!