Categoria

Home Decor

7
nov
2017
0

Decor: CasaCor Recife 2017

Hoje é dia de post em parceria com o ArquiteturASSIM sobre decoração! Com a palavra, Evel e Graci:

“Nossa coluna de hoje vai falar sobre a CasaCor Recife!

Não sei se vocês sabem mas a Casacor é a maior mostra de arquitetura das Américas. Não só de arquitetura, mas design de interiores e paisagismo também. Ela acontece em várias capitais do Brasil e até no Peru. Em Pernambuco, a exposição está acontecendo no lindo casarão localizado na avenida Rui Barbosa, 471, na frente da Pizzaria Atlântico. Ao visitar a casa, você poderá apreciar os ambientes projetados por grandes nomes da arquitetura pernambucana e ficar por dentro de tudo que é tendência mundial. Tem espaços para todos os gostos!
Num evento desta importância, a arquiteturASSIM não poderia ficar de fora!


Nesta edição da Casacor, somos autoras do projeto do banheiro público funcional. Para este espaço trouxemos uma proposta mais conceitual. A ideia foi propor ao visitante um momento de pausa e contemplação num lugar inusitado. Enquanto você lava suas mãos, não é sua imagem refletida no espelho que você vê e sim, uma série de vídeos com imagens e sons da natureza. Como o tema deste ano da mostra é sobre o que é essencial, ao deslocar o espelho do local esperado, sugerimos que você tire o foco de si mesmo e vislumbre uma nova perspectiva. Para nós essencial é a nossa relação com a natureza e seus recursos.

Assim, todos os materiais foram pensados para ser pano de fundo para a grande protagonista que é a projeção. Desde o tecido no teto, um veludo de seda verde, até a iluminação mais dramática, a idéia era criar uma atmosfera parecida com uma sala de cinema. No piso, um porcelanato com um padrão de acabamento natural (Nór, fabricado pela Ceusa) e para fazer o fechamento dos boxes, escolhemos painéis pretos em material refletivo, elegante e discreto, bem como os metais na cor gold mate e as louças pretas com acabamento fosco. Uma proposta nossa também foi criar um ambiente que integrasse as pessoas.

Desta forma decidimos por uma área onde as pessoas lavassem as mãos juntas, uma bancada única, em dekton (matéria com máxima resistência à manchas e riscos, zero porosidade e à prova de calor) foi projetada para dar ideia de que está suspensa através do uso de espelhos e iluminação. Os boxes unissex, abrem todos para este grande hall. Dentro de cada cabine, o porcelanato tridimensional ao fundo e nas laterais um revestimento de alto brilho preto são o cenário para a exposição do fotógrafo Celso Brandão. Neste ensaio, ele retrata a Ilha do Ferro, povoado entre Sergipe e Alagoas onde artesãos transformam em arte a madeira descartada pela natureza, transformando-a em bancos, esculturas e diversos objetos. É de lá que vem o mobiliário do nosso ambiente, uma cadeira e banquetas únicas, desenhadas pela natureza e trabalhadas pelas mãos destes habilidosos artistas.


Depois de falar um pouco sobre nosso espaço vamos falar de mais alguns que chamaram nossa atenção. Uma observação importante é perceber que na maioria dos ambientes o uso do espelho se destacou, na entrada principal por exemplo, ele aparece em recortes pouco convencionais. O uso de tecidos como revestimento de tetos e paredes também merece atenção. A versatilidade desse material tem se mostrado uma ferramenta interessante de trabalho para arquitetos e designers de interiores. Falando em versatilidade, observamos o uso de serralharia em vários ambientes. Estantes e detalhes em perfis metálicos customizados conforme as necessidades do projeto. Como padrão de acabamento, a cor bronze ainda se apresenta forte nas luminárias, espelhos e metais. Para os noivinhos que estão montando seu ap, o banheiro do casal apresenta uma proposta bem legal, com revestimento num porcelanato que imita aço cortein, apresentou uma bancada para maquiagem e 2 cubas (ah se todos os banheiros pudessem ter 2 cubas!!!). Além de uma banheira de sonho!!!! Na varanda, o espaço a céu aberto convida para um momento de relax. Com uma chaise que da vontade de você se jogar e ficar por la mesmo 😊😊😊 todo o mobiliário é aconchegante e os decks laterais de madeira recheados de plantinhas fazem vc se sentir num jardim de cinema.

Saindo de lá, dê uma passada no closet. Uma proposta elegante e moderna com o uso do couro na frente das gavetas e espaços bem definidos para cada um. No térreo da casa, você encontra uma cozinha diferente. Ela agrega estar e jantar também. Com a temática da cana de açúcar, o design das peças mais moderno tem um toque de cor num sofá com estampa desenvolvida exclusivamente para a mostra. Esperamos que esta coluna descrevendo apenas alguns espaços desta importante mostra de arquitetura tenha deixado você com bastante curiosidade.

Por mais que a gente tente, as sensações e percepções permitidas pela arquitetura só são possíveis de se sentir ao vivo!
Aguardamos vocês!!!”

Eu amei!!! A CasaCor é parada obrigatória para as noivas que estão na missão de organizar a casa nova!

Para ver mais posts sobre home decor clique aqui! Acompanhem as meninas do Arquitetura Assim no facebook e instagram (@arquiteturassim)!

Beijos,

Beca.

Deixe seu comentário!

5
jun
2017
0

Decor: Apartamentos pequenos

Hoje é dia de post especial pra inspirar a decoração da casinha nova. O tema escolhido pelo Arquitetura Assim – escritório colunista aqui no blog – foi super atual e interessante: projetos para apartamentos pequenos. Como transformar pequenos espaços em um lugar dos sonhos.

“Oba! Vou aproveitar cada cantinho! É isso que pensamos quando temos o desafio de reformar ou ambientar apartamentos com área mais reduzida. Seja pela praticidade da vida moderna ou os altos custos do m² de área construída, hoje em dia eles estão cada vez menores!

Projeto: Arquitetura Assim

Projeto: Arquitetura Assim

Projeto: Arquitetura Assim

Projeto: Arquitetura Assim

Mas como otimizar cada ambiente? Como fazer meu apartamento parecer maior? Quais materiais devo usar? Pois é, as dúvidas se repetem assim como o desejo de transformar aquele pequeno espaço num lugar aconchegante e cheio de personalidade. Difícil? Que nada, é só seguir alguns passos!

Foto: reprodução

Foto: reprodução

Foto: reprodução

Foto: reprodução

Quando pensamos em plantas compactas e sua otimização, a primeira e mais importante questão é o planejamento. Avaliar quais as necessidades de uso de cada espaço e sempre que possível tentar tornar os ambientes flexíveis, permitindo múltiplos usos. Cada item deve ser escolhido com precisão e racionalidade para permitir essa versatilidade.

Com a ideia bem definida do que você sonha no seu apartamento, o próximo passo é verificar como integrar alguns espaços. Às vezes as paredes só “atrapalham”, a retirada de algumas delas ajudam a “criar” espaço nos ambientes que tem maior permanência. Cada centímetro vale ouro! Lembrando que você precisa da consultoria de um profissional da área! Não vá sair derrubando parede por aí! Um ambiente integrado gera amplitude visual e conforto. Se não dá para abrir completamente os espaços ainda dá para utilizar portas de vãos maiores ou divisórias removíveis. Da para derrubar a parede e utilizar o próprio armário como divisória de ambientes? Claro! Falando em armário: vamos utilizar portas de correr? Por favor! Economiza o espaço do giro da porta e diminui a área necessária para acesso do seu interior. Aproveita e não esquece o espelho na porta. Espelhos. Espelhos. Espelhos. Todo mundo que pesquisa sobre ambientes pequeninos já sabe que tem que abusar deles. As superfícies dos acabamentos em geral devem ser claras, refletivas, para lembrar sempre que a intenção é amplitude.

Foto: reprodução

Foto: reprodução

Em relações a cor especificamente, devemos sempre que possível seguir uma unidade cromática, com referência de cores na mesma graduação, trabalhando tons próximos e complementares. Este artifício contribui para criar uma unidade do espaço tornando-o mais confortável ao olhar. Um ambiente equilibrado.

Um item bem importante e as vezes pouco valorizado é a iluminação. Optar por iluminação embutidas nas paredes ou arandelas, libera os espaços das bancadas para colocar itens de trabalho. Os trilhos com spots nos tetos também permitem que tenhamos flexibilidade para focar o objeto que queremos valorizar e permite que o layout fique mais dinâmico.

Por último ainda dá para dar uma economizada em alguns centímetros utilizando moveis que podem ter mais de um uso, como um centro que vire banquinho quando chegar um casal amigo ou um baú que também seja um puff.

Esperamos que estas dicas ajudem a transformar seu apê no lugar que você sempre sonhou!”

Esse projeto de um Studio com 30m2 criado pelo escritório é a prova de tudo isso:

Projeto: Arquitetura Assim

Projeto: Arquitetura Assim

Projeto: Arquitetura Assim

Projeto: Arquitetura Assim

Projeto: Arquitetura Assim

Projeto: Arquitetura Assim

Projeto: Arquitetura Assim

Projeto: Arquitetura Assim

Projeto: Arquitetura Assim

Projeto: Arquitetura Assim

Projeto: Arquitetura Assim

Projeto: Arquitetura Assim

Projeto: Arquitetura Assim

Projeto: Arquitetura Assim

Acompanhem as meninas do Arquitetura Assim no facebook e instagram (@arquiteturassim) e contem pra gente o que vocês querem ver por aqui!

Beijos,

Beca.

Deixe seu comentário!

24
out
2016
0

Decor: Varanda Integrada

E

u já estava com saudades das meninas do Arquitetura Assim por aqui. Pra quem não sabe, elas são responsáveis pela coluna de arquitetura e decoração aqui no blog e trazem sempre temas legais e atuais pra gente, eu adoro e espero que vocês também!

Hoje elas escolheram falar sobre varanda integrada e várias dicas úteis pra quem pensa em utilizá-la:

“Atualmente os apartamentos oferecidos no mercado imobiliário estão cada vez menores e as salas vem acompanhando esta tendência. Somado a isso, a dificuldade de achar lugar para estacionar e algumas vezes o tempo de espera excessivo de alguns bares e restaurantes, cada vez mais pessoas passaram a preferir receber amigos e cozinhar para eles no conforto e descontração de suas casas. A “gourmetização” está em alta!

3-photo_2016-10-13_16-41-33

Foto: Reprodução

Mas como receber em casa se a sala é tão pequena?

Integrar a cozinha a sala de jantar já foi uma opção bastante explorada, mas algumas pessoas não se sentem confortáveis com esta solução já que a cozinha (e as vezes aquela pilha de pratos) fica exposta e este ambiente unificado não se torna um lugar agradável para longas permanências, muitas vezes culpa do calor que vem da área do fogão.

Se você tem uma varanda agradável, com vista legal, se costuma receber amigos e muitas vezes acaba se dividindo entre a varanda com pequenas cadeiras e o sofá do estar, segregando os amigos e o assunto, por que não integrar a varanda?

Se a opção é manter o ar de varanda é possível utilizar revestimentos diferenciados no piso ou parede, fazer uso de divisórias para demarcação do espaço ou apenas rebaixar o teto. Por outro lado, se você escolher integra-la totalmente, dá para complementar o piso da sala até a varanda e dar o mesmo tratamento das paredes.

Alguns destes itens devem ser observados para esta proposta de integração:

  • Nivelamento do piso da varanda em relação ao estar: geralmente esta diferença se apresenta em torno de 3cm. Este nivelamento pode ser feito retirando a cerâmica existente e fazendo um contrapiso ou aplicando um revestimento sobre o piso existente que seja mais espesso como as pedras de mármore ou granito.
  • Teto: Geralmente temos uma viga entre a sala de estar e varanda. Esta deve receber um tratamento para disfarçar esta diferença de ambientes. A colocação de um forro, que pode ser de gesso vai disfarçar a viga que esta geralmente acima das portas que dividem a sala da varanda.
  • Fechamento da abertura da varanda para o exterior: A instalação da cortina de vidro para vedação do ambiente deve ser realizada com uma empresa séria, de qualidade reconhecida, para evitar problemas com futuros com a chuva e o vento. Atentar que a definição do acabamento deste fechamento deve estar de acordo com a fachada da edificação. Muitos condomínios já tem a determinação destes acabamentos na sua convenção. É importante verificar as regras antes da contratação do serviço.
  • Integração com o restante dos ambientes: Ao escolher acabamentos, mobiliário e iluminação para esta nova área é imprescindível optar por itens que se integrem com as características dos outros ambientes como estar e jantar para garantir o resultado final desejado.

As dicas acima são apenas alguns indicativos que devem ser observados quando se optar por realizar esta intervenção na sua residência. A contratação de um arquiteto vai te ajudar a definir as opções para você utilizar de forma mais eficiente este novo espaço.”

varanda-integrada-sala-pequena-2

Foto: Reprodução

b5ebeca37719feb767855f58d3c8c068

Foto: Reprodução

6-photo_2016-10-13_16-42-16

Foto: Reprodução

7-photo_2016-10-13_16-42-23

Foto: Reprodução

varanda-06

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

Acompanhem as meninas do Arquitetura Assim no facebook e instagram (@arquiteturassim) e contem pra gente o que vocês querem ver por aqui!

Beijos,

Beca.

Deixe seu comentário!